sexta-feira, agosto 10, 2007

Sôdade




Uma das coisas que gosto de fazer é cantar. Sinto que essa é uma coisa verdadeiramente minha, que faz parte de mim, que me dá paz, que me faz feliz!
Eu no entanto, não sabia com clareza disso, até o dia que fiquei sem voz.
E isso no momento muito importante para mim, quando faria o meu primeiro solo.
Canto no SESC há um tempão, já tive diversars experiências, com nomes da nossa música brasileira que não sonhava nem chegar perto: a minha primeira experiência foi com Carlos Fernando, cantor de jazz de um antigo grupo chamado Nouvelle Cousine, a segunda e uma das mais marcantes foi com Antonio Nóbrega. Esse, infelizmente tivemos pouco contato musical, ele chegou em cima da hora da apresentação, mas já valeu pela minha carinha que parecia ter sido arrebatada para o céu.
Depois teve a Mônica Salmaso, delicadeza, tranquilidade que transbordam na voz, que nos leva pro céu.
Vírginia Rosa força, presença de palco, essa diz qwue veio, vem e deixa sua marca.
Grupo Vésper vocal, trabalho de aprendizado, que nos faz pensar, "ei tenho muito chão, pra chegar lá".
E este ano nosso convidado seria o Mawaca, outro grupo que sempre tive vontade de cantar, com seus instrumentos, com a energia das meninas, as diferentes sonoridades do mundo, tudo isso era desafio.
Bom, voltando à minha voz, além do meu desafio de cantar sozinha, era uma música que me tocava particularmente, pois faz parte do Folclore Mineiro, Minas, minha terra postiça, de poesias, de encantamento, de Guimarães Rosa, de Carlos Drummond de Andrade.
Só que praticamente 2 semanas antes da apresentação, ronquidão total, a tentativa de cantar, a voz simplesmente não saía, desespero, e agora, o que mais amava eu iria perder?
Corri para o otorrino, passou antibiótico, anti-alérgico, bem problemas nas cordas vocais, não era. ufa, alívio.
Remédios por 1 semana e nada de melhorar, só um pouquinho, e a tendência era piorar, pois tinham ensaios e soltar a voz que não saía, o impacto psicológico, tudo isso prejudicava ainda mais.
Voltei ao Doutor, "Por favor me dá uma injeção", "Já te dei remédio, não sou Deus", Pegou uma folha branca, escreveu um número de celular com um nome, "Procura por ela, ela vai fortalecer suas cordas vocais"
Vamos lá, choradeira para a fono, "Vamos nos ver na segunda-feira, "Ok". A moça era boa, dedicada, papel na mão, "dieta de emergência", para cantoria. Mamão, soro 3 vezes ao dia no nariz, inalação, exercícios de assustar vizinhos 9sempre feitos ou de madrugada ao deitar, ou logo pela manhã. Tudo feito meticulosamente, pra cantar.
Dia da apresentação chegando, voz melhorando só um pouquinho. quinta-feira, Moça não tá melhor de tudo não". Ela diz pra me tranquilizar. "Espera que vai melhorar", Domingo, dia da apresentação. Será que vou dar conta? Eu me pergunto, minha mestra pergunta. Me calo, vou tentar. Nervosismo, teatro lotado. Vou cantar, olho pro céu, peço ajuda a Deus, "Pai, eu preciso desta experiência". Senão morro, e quem sabe pra sempre. "Não deixa meus fantasmas me tomarem.
Silêncio, me aproximo da ponta do palco, seguro minha echarpe - Lá vai:
Caiu um cravo do céu, sôdade
De tão alto desfolhou, ai sôdade
quem quiser casar comigo, sôdade
vai pedir quem me criou, ai sôdade
Quem quiser moço bonito, sôdade,
Põe um laço na parede, sôdade.

As primeiras estrofes em que começo sozinha, tremi um pouco a voz, mas quando meus amigos, companheiros de cantoria, entraram ao spoquinhos com suas vozes, vocalises, nossa eu pensei, agora posso ir, eles estão comigo.
é muito bom cantar em grupo, se sentir amparada, e foi lindo demais esse dia.
Os abraços, aqueles que torceram por mim e o melhor o meu Deus, que me ama, terminamos a música e olhei para o céu, ´só Ti Senhor podia me dar este presente, com tanta força e impacto, só confiar um tiquinho que seja.

4 comentários:

Otávio Massaro disse...

Será que vocês podiam postar a música toda pra ouvir? ou passar algum link?

Otávio Massaro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris disse...

Olá Otávio, obrigada pela visita, vou deixar o link do youtube, veja lá:
http://www.youtube.com/watch?v=lfsDptqEbwQ

Cris disse...

Olá Otávio, obrigada pela visita, vou deixar o link do youtube, veja lá:
http://www.youtube.com/watch?v=lfsDptqEbwQ