segunda-feira, junho 20, 2005

La casa de los babies... e o desamparo

Assisti à esse filme ontem que trata de uma maneira densa tantos problemas trazendo como fio condutor a adoção. Desde o desemprego, meninos de rua, americanas que são exploradas ( ou se deixam) em nome do sonho de ser mãe, "espertinhos" levando vantagem, caráter de cada uma delas, fiquei com a sensação, todos nós no final só queremos ser felizes... no entanto muitas vezes somos egoístas e apenas conseguimos ouvir a nossa prórpia voz.
A tarde foi bem normal, mas estava sentindo uma dor muito forte na barriga, desde o sábado estava sentindo uma dorzinha muito enjoada, me deitei e pedi ao Gilson que colocasse sua mão na minha barriga pra melhorar e ele me fez uma massagem, que parece abriu uma represa, as águas saíram soltas de dentro de mim, chorei tanto, de soluçar, uma sensação tão forte de desamparo, é como se voltasse à minha infância e eu fosse uma menininha, encolhida na minha cama chorando sozinha, com medo do mundo, com medo da dor.
Mulher, querendo deixar a menina
A sombra no entanto
Vive a perseguir
E reviver noites tão obscuras
Tempestades
Torturas,
De dentro a mãe Maria
A dizer, você é minha menina,
E eu ao mesmo tempo querendo deixar o guarda-chuva,
Mas a chuva é tão fria,
"Vem cá menina você vai se molhar"
"Deixa, mãe !Logo passa"

Um comentário: