quarta-feira, outubro 03, 2007

Tudo sempre igual...será?

"Todo o dia ela faz tudo sempre igual, me sacode as 6 horas da manhã".
Quem não tem a sensação de fazer tudo igual, o relógio que toca no mesmo horário e a gente que faz aqueles minutinhos que vão nos custar tão caro, afinal "time is money", levantar descabelada ( eu levanto...), só não as atrizes da globo sempre chiquérrimas e belas e já maquiladas ou maquiadas (rs). Prefiro ser descabelada e com aquele andar preguiçoso, que ao abrir a porta do guarda-roupa para escolher a roupa do dia recebe uma "enxurrada" de roupas, me afogo nelas e então, vou colocar essa, passada rápida de ferro que as vezes pode causar cicatrizes, pois é, a doida aqui já passou roupa no próprio corpo.
Algumas bolachas ou uma fatia de pão, correria e mais um dia.
E penso, tudo igual? Nem sempre, pois, os olhos, podem ver, os ouvidos, ouvir, a boca, dizer, as mãos pra fazer, para acalentar, pra receber, os braços abraçar, os pés para caminhar.
Os caminhos nem sempre são os mesmos, apesar de passarmos pelas mesmas ruas. O pensamento sempre voa.
Viver é assim um igual cheio de surpresas.Assim vejo.

Um comentário:

£¡ä ® disse...

La dolce rotina...
O mundo visto através de seus olhos se transforma! Você demonstra ter um jeito muito positivo de ver as coisas.
E só pra constar: também prefiro estar descabela. E de pijamas.. adoro pijamas!
Beijos!